Casamento Eco-friendly

Casamento eco-friendly: uma agradável cerimônia sustentável

O conceito verde tem ganhado grande visibilidade nos últimos anos. Ter um casamento eco-friendly é uma opção para uma agradável cerimônia sustentável.

Pensando nos noivos que querem aderir a uma cerimônia ecologicamente correta, separamos, neste artigo, dicas incríveis. Mas, antes, vamos explicar um pouco sobre o termo eco-friendly, que significa amigável ao meio ambiente.

Para fazer uma cerimônia sustentável é preciso avaliar os processos por três critérios: redução, reutilização e reciclagem. Esses são os famosos 3R’s da sustentabilidade e parte do fundamento para o equilíbrio dos pilares econômico, social e ambiental.

Ou seja, para isso dar certo, pequenas mudanças de pensamento e atitude dos noivos e dos fornecedores são suficientes para causar um efeito superpositivo.

Os 3R´s

  • Reduzir: reduzir é evitar e racionalizar, sempre considerando que menos é mais. Deixar de consumir algo causa menos impacto do que consumir e depois reciclar. Planeje os gastos de seu casamento para evitar desperdícios em todos os sentidos.
  • Reutilizar: existem duas maneiras de reutilizar produtos. A primeira é escolher itens que se possa usar depois da festa de casamento, de mesma maneira ou de forma diferente, sem precisar descartar no lixo. A segunda maneira é optar por itens já feitos com produtos reciclados, colaborando com o ciclo da reutilização e reciclagem.
  • Reciclar: transformar um elemento em um novo material no ciclo de produção é reciclar. Isso envolve técnicas químicas específicas, e impacta sobre os resíduos que você não vai conseguir reduzir nem reutilizar. Conhecer a gestão de resíduos sólidos da região onde você vai realizar sua cerimônia faz parte do planejamento do casamento. Também faz parte pedir para os fornecedores envolvidos para separarem o lixo orgânico dos resíduos recicláveis.

Dicas eficazes para um casamento sustentável

Planejamento

Tenham em mente quais são as prioridades que vocês querem alcançar, como a separação e reciclagem de resíduos orgânicos, inorgânicos e recicláveis, economia de energia e reaproveitamento de materiais.

Centralizando o evento para diminuir gastos

Uma ideia para otimizar a logística é fazer a cerimônia e a recepção no mesmo lugar. A Celebrar tem estrutura para dois ambientes. Além disso, casamentos realizados durante o dia aproveitam a luz natural e economizam energia elétrica e iluminações artificiais.

Você ainda pode incentivar os convidados a combinarem caronas ou compartilharem carros de aplicativos de transporte.

Conceito minimalista

Os casamentos minimalistas também estão em alta e vocês podem fazer uso dele para uma cerimônia eco-friendly. A começar pelos convites, que podem ser online, confeccionados em papel-semente, e depois plantados, ou em papel reciclado, que deve ter um selo do FSC (Forest Stewardship Council).

Na decoração, uma sugestão são as flores desidratadas que duram até três meses. Se usarem flores naturais, pensem em como reaproveitá-las depois do casamento. Outro ponto são as luzes de led, que economizam energia e podem ser criativamente dispostas pelo ambiente.

Outra ideia é utilizar móveis feitos com madeira de demolição, que estão com tudo. Vocês também podem utilizar os porta-retratos e quadros como decoração do casamento.

Alianças

Atualmente, existem muitas opções para uma aliança ecologicamente correta, como, por exemplo, o uso de metais reciclados ou um anel vintage. A procedência do anel também é importante. Verificar se a extração do material, como um diamante, foi feita corretamente.

Vestido

A escolha do vestido da noiva pode parecer um grande desafio de quem opta por um casamento sustentável. Uma maneira bem simples de resolver esse problema é reutilizar vestidos antigos, reformando o vestido usado pela mãe ou avó. Além de sustentável, é uma forma de homenagear pessoas especiais. O aluguel de vestidos também é uma ótima opção.

Ainda em dúvida? Esse ano, a Princesa Beatrice casou, em uma cerimônia intimista, com um vestido vintage, que pertenceu a sua avó, a Rainha Elizabeth II.

Lembrancinhas

Atualmente, a melhor opção são as lembrancinhas úteis e funcionais e que, além de não agredirem a natureza, ainda contribuem com ela. Mudas de plantas ou pacotinhos de sementes de flores são cada vez mais populares nos casamentos. Use a criatividade para ideias inovadoras!

Alimentação sustentável

Incluir no cardápio alimentos orgânicos e de produtores locais é uma iniciativa simples e o cálculo de convidados para evitar o desperdício de comida também é importante. A chave é manter o equilíbrio entre seus valores, sem sacrificar sua sanidade para que seja autêntico, leve e verde.

Presentes

As listas de presente de casamento virtuais são ótimas opções para as noivas que buscam seguir a linha sustentável, evitando, assim, o desperdício de peças não desejadas e a produção de resíduos gerados por transporte de mercadoria, embalagens, entre outros.

Evite usar no seu casamento sustentável

O site Casar no Paraíso, fez uma lista dos itens que devem ser evitados no casamento sustentável, pois são altamente prejudiciais ao meio ambiente.

  • Balões de gás hélio e bexiga de led: centenas acabam soltos na atmosfera para a duração de uma ou duas fotos.
  • Papel laminado picado: é impossível fazer a limpeza total desses itens. Eles são naturalmente levados pelo vento.
  • Acessórios de pista (plaquinhas, bastão de isopor led, óculos, pulseiras led, mechas led, máscara com sua foto): são exemplos de consumo completamente desnecessário, que apenas geram lixo.
  • Sparkles: podem ser perigosos e causam diversos acidentes. Servem para uma foto e não sabemos como descartá-lo adequadamente.
  • Bolo fake, com pasta americana: que bom que estão totalmente em desuso. Eles são sempre jogados fora. Prefira sempre o que é de verdade: bolos pequenos, charmosos, de diversos sabores, sem excesso e com a carinha dos noivos. Lembre-se que ainda tem os doces e sobremesas incríveis de buffets. Evitar o excesso de consumo é sustentável.
  • Embalagens em excesso no geral: como, por exemplo, bolinha de sabão unitária.
  • Excessos na papelaria: menu, tag de despedida, tag de carro, cartão de agradecimento, tag no bem casado, tag agradecimento, não perturbe, convite individual, leques de papel, cones de papel, reservados, convites, save the dates impressos, etc.
  • Papel do bem casado: prefira embalagens de tecidos, embalagens bio, folha de bananeira, etc.
  • Forminhas: tendência em eliminar, afinal elas acabam no lixo.
  • Descartáveis em geral: itens de banheiro personalizados, excesso de havaianas e personalização, saquinhos, tags, mexedor de plástico personalizado, etc.
  • Espuma floral: é considerada a grande vilã do meio ambiente. Proveniente do petróleo, ela já passou por reformulações, mas ainda é tóxica e poluente. Apesar disso, continua sendo largamente usada na decoração de eventos, por ser uma maneira prática de hidratar e sustentar os arranjos. Mas existe uma campanha entre os principais floristas internacionais para não utilizar mais a espuma floral, e existem maneiras maravilhosas de decorar sem usá-la.

Com informações dos portais L´amour e Zankoy